Fish and chips

Poucos conseguem resistir à combinação de dar água na boca – peixe branco úmido, envolvido em uma massa dourada, com uma casquinha crocante, servido com uma porção generosa de batatas fritas crocantes.

Peixe com batatas fritas ou “fish and chips” é um prato típico da culinária do Reino Unido.

Durante a última parte do século XIX e até o século 20, o comércio de peixes e chips expandiu-se muito para satisfazer as necessidades da crescente população industrial da Grã-Bretanha. Na verdade, podemos dizer que a Revolução Industrial foi alimentada em parte por peixe e batatas fritas!

O desenvolvimento da linha férrea a vapor trouxe peixes de todo o Atlântico Norte, Islândia e Groenlândia, e as ferrovias a vapor permitiram a distribuição fácil e rápida dos peixes em todo o país.

Norte ou sul?

Quem primeiro teve a brilhante ideia de casar peixe com batatas fritas continua a ser assunto de uma controvérsia feroz e provavelmente nunca saberemos ao certo. É seguro dizer que estava em algum lugar na Inglaterra, mas os argumentos são sobre se foi para o norte ou para o sul.

Alguns acreditam que a primeira loja de fish and chips tenha surgido no norte da Inglaterra tendo sido aberta em Mossely, em Lancashire industrial, por volta de 1863. Por um empresário do norte chamado John Lees. O Sr. Lees teria vendido peixe e batatas fritas em uma cabana de madeira no mercado e depois transferiu o negócio para uma loja permanente. do outro lado da estrada que tinha a seguinte inscrição na janela: “Esta é a primeira loja de peixe e batatas fritas do mundo”

Outros afirmam que a primeira loja combinada de fish and chips foi na verdade aberta por um imigrante judeu, Joseph Malin, ao som de Bow Bells no leste de Londres por volta de 1860.

No entanto, aconteceu, o casamento rapidamente pegou. Numa época em que as dietas da classe trabalhadora eram sombrias e invariáveis, o fish and chips era uma quebra saborosa 😋

Outlets surgiram em todo o país e logo eles eram tão parte da Inglaterra, além dos trens a vapor e a poluição.

Migrantes italianos que passavam por cidades e vilas inglesas viram as filas crescentes e sentiram uma oportunidade de negócio, montando lojas na Escócia, País de Gales e Irlanda.

Na tentativa de manter os preços baixos, e economizar em embalagens as porções eram frequentemente embrulhadas em jornais antigos – uma prática que sobreviveu até a década de 1980, como? quando se considerou inseguro que a comida entrasse em contato com a tinta do jornal, sem papéis à prova de graxa.

Neste envolvemos com papel manteiga por baixo e papel impresso por cima

Receita:

  • 250 g Bacalhau ou peixe branco fresco
  • 170 g farinha de trigo
  • 50 g de amido de milho
  • 5 g de bicarbonato
  • 230 ml de cerveja gelada
  • 1 limão
  • sal a gosto
  • pimenta do reino
  • 700 g Batata asterix
  • 700 ml óleo para fritar

Modo de preparo:

  • Descarcar as batatas e cortar em “batata frita” com cerca de 1 cm de grossura. Lavar e secar completamente.
  • Fritar a batata por 3 minutos sem deixar dourar, escorrer e levar para gelar por cerca de 12hrs.
  • Cortar o peixe em filés
  • Colocar a maisena e um pouco da farinha em um prato e passar o peixe.
  • colocar a farinha, o bicarbonato, sal e pimenta em uma tigela grande. Adicione a cerveja aos poucos enquanto mistura. Use somente cerveja o suficiente para conseguir uma massa grossa e lisa. Adicione o suco de meio limão e misture.
  • Pegue o filé pela ponta e molhe na massa para que fique totalmente coberto. Coloque imediatamente para fritar no óleo quente pré-aquecido à 160ºC.
  • Tão logo a massa tenha encrespado e para de ferver repita a operação com outro filé.
  • Quando ficar cozido trasferir o filé a uma assadeira com papel manteiga
  • Em forno aquecido aumentar o fogo para o óleo atingir 190 ºC novamente e fritar as batatas pela segunda vez, até dourarem
  • Servir com sal e vinagre, ou/e com molho tártaro ou/e purê de ervilhas, como manda o costume.

Delicie-se ;P

Publicado por Thalita Bastos

Gastróloga, confeiteira, apaixonada pela alquimia culinária e afins. Amo compartilhar o que aprendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: